Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Entrada Sala de Imprensa Publicações TEMA Acervo Temas Edição 200 Matérias Dnit - tem Novo Portal

DNIT

DNIT tem Novo Portal

Serpro desenvolve novo sítio em Software Livre para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito - Dnit.  Cidadão Brasileiro será beneficiado com as mudanças.

 
 

DNIT tem Novo Portal - Matéria DNIT - Tema 200

 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) é um órgão de grande relevância para o país, atuando como executor das políticas do governo federal na área dos transportes. Por isso, a instituição precisa manter canais eficientes de comunicação com a sociedade; nesse contexto, a sua página na internet possui uma significativa função social, por oferecer uma série de serviços de interesse para pessoas físicas e jurídicas.

Recentemente, em atendimento à solicitação do Dnit, o Serpro desenvolveu um novo portal para o órgão. Construída com plataforma livre Zope/Plone, a página facilita a navegabilidade por parte do usuário. Em meio às principais funcionalidades que compõem o sítio, destacam-se o controle de acesso ao ambiente de publicação, a gerência de perfis para usuários individuais e grupos, a configuração de fluxo de trabalho para gestão de conteúdo e a nova gerência de serviço Newsletter e RSS. Além disso, a tecnologia Zope/Plone possibilita a atualização imediata dos principais tipos de conteúdos publicados – notícias, informes, eventos, banners para acesso rápido aos serviços oferecidos pela instituição pública e aos documentos de interesse da comunidade.

No portal, é possível consultar, por exemplo, o sistema de distância entre cidades, o auxílio da situação das rodovias, o sistema de custos rodoviários (Sicro) e a cronologia de pagamentos – local onde as empresas são orientadas sobre a liberação de pagamento de verbas das obras do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC). Esses conteúdos, como o acompanhamento de multas e o controle de trânsito de cargas perigosas, além de vários outros, são responsáveis pelo grande número de acessos do portal. 

 

 

"Uma das grandes necessidades do Órgão era ter uma página mais dinâmica, com uma Tecnologia que oferecesse mais facilidade para fazer a Gestão do Conteúdo, além de uma nova identidade visual."
Neurani Souza Lima - Gestora de Projetos do Serpro

 

 

O engenheiro civil Marcelo Tenedini é um dos muitos internautas que navegam com frequência na página do Dnit, pois semanalmente viaja de carro para vistoriar obras em várias partes do país. Ele tem o hábito de checar as informações sobre as condições das rodovias para, assim, dirigir com segurança. “A situação das vias públicas brasileiras muda num período muito rápido. E o Dnit é o único canal que os motoristas têm para ficar atualizados. Se hoje cai uma barreira, eles já colocam na internet, e me programo para pegar um desvio, por exemplo.  A minha expectativa é que com a nova página essas informações, tão importantes para o cidadão, possam ser passadas de forma mais rápida ainda, o que pode até mesmo salvar vidas”, afirma.

A ideia de construir um novo portal partiu da Assessoria de Comunicação Social (Ascom) do Dnit, que enfrentava dificuldades para desempenhar suas atribuições relacionadas à internet, pois tinha a incumbência de gerenciar, em dois sítios ativos, a divulgação dos principais serviços e eventos promovidos pela instituição. Como a necessidade da população de assimilar informações não tem hora marcada, a exigência de mais agilidade no acesso ao material da entidade foi cada vez maior. Dentro desse contexto, surgiu a urgência de uma nova solução para sanar o problema.

O projeto de criação da página teve como pressuposto a automação do serviço de edição, revisão e publicação de matérias, por pessoas devidamente habilitadas e autenticadas para a execução das ações. A solução foi totalmente elaborada com o uso de tecnologias de software livre, de acordo com as políticas de desenvolvimento do Serpro e as diretrizes estabelecidas no Modelo de Acessibilidade do Governo Eletrônico (e-MAG), para garantir a eficiência tecnológica e também gerar economia aos cofres públicos.

“Uma das grandes necessidades do órgão era ter uma página mais dinâmica, com uma tecnologia que oferecesse mais facilidade para fazer a gestão do conteúdo, além de uma nova identidade visual”, afirma a gestora de Projetos do Serpro, Neurani Souza Lima. “Com HTML, a logística das atividades era limitada, por isso utilizamos a Zope/Plone. Uma das grandes vantagens que a plataforma proporciona é a flexibilidade, permitindo a cada diretoria ou coordenação acessar e definir o material a ser publicado”, completa.

 

Autonomia e transparência

O processo executado dá mais autonomia ao Dnit no desempenho dos serviços de comunicação via internet, proporcionando eficiência na difusão de assuntos pela Ascom e por outros departamentos, que a partir de agora têm espaços reservados para divulgar seus serviços.

Cláudio Teles, um dos chefes de setor na Superintendência de Desenvolvimento do Serpro em Fortaleza, realça que a arquitetura da solução foi criada para não sobrecarregar a página, mesmo com muitos acessos, proporcionando melhor desempenho e maior disponibilidade do serviço.

“Os usuários da internet também poderão interagir diretamente com a Ouvidoria, por meio do serviço Fale com o Dnit, o que possibilita o envio de e-mail aos gestores responsáveis por atender o contribuinte brasileiro”, conclui o analista de Sistemas responsável pela gerência do projeto.

A implantação do novo portal durou aproximadamente sete meses – desde o seu desenvolvimento até a sua publicação –, assim distribuídos: elicitação de requisitos, elaboração de um protótipo funcional, construção e composição dos requisitos aprovados, homologação e treinamento para uso da versão final e, por último, a etapa de migração e publicação de conteúdo inicial para implantação da solução.

Para o diretor da Comissão de Ética do Dnit, Paulo Lopez Martinez, a principal função do portal é melhorar o atendimento ao cidadão. “O sítio antigo possuía muita informação, mas o interessado tinha de clicar várias vezes para chegar onde desejava. Agora, com a nova plataforma, o conteúdo é o mesmo, mas o acesso aos materiais é bem mais veloz. Acredito que a página tem de ser o mais rápida e ágil possível, pois quem procura a internet quer praticidade.

A Tecnologia da Informação serve para isso, para ser dinâmica. A partir do momento em que o público vê dificuldade, ele entende que não é bem-recepcionado. Por isso a preocupação da Comissão de Ética em defender o projeto. Para que o cidadão consiga um atendimento ainda melhor do que o que já tem”, avalia.

A flexibilidade apontada por Neurani é primordial para a qualidade da prestação de serviços do Dnit à população.

Na página antiga, o prazo para um determinado setor atualizar o material que lhe era incumbido era de até 15 dias. No caso da Comissão de Ética, por exemplo, o conteúdo era enviado à Ascom, que o  encaminhava para o Serpro.

“O portal é realmente o cartão de visitas do órgão na internet", é a principal ferramenta de comunicação do Dnit com o público e os empresários.  No sítio, são publicados os editais de licitação e as mudanças dos documentos. Na nova página, assim que acontece algo importante, ou que uma norma é baixada, isso imediatamente pode ser publicado. Tornou-se muito mais viável, pois possibilita que as matérias sejam publicadas pelo próprio usuário de forma online”, explica o gerente da Divisão de Atendimento ao Ministério do Transporte, Carlos Pullen Parente.

O novo espaço na web, além de ter navegabilidade mais prática, também tem como um de seus objetivos estreitar as relações da entidade com o usuário, para que a sociedade obtenha quantidade maior de informação a respeito de suas atividades. Na área da Sala de Imprensa os profissionais de comunicação têm acesso rápido a informativos, fotos de diretores da instituição – organizadas em um banco de imagens – e também ao Fale com a Ascom. Com mais capacidade, a página do Dnit vai ter disparo de newsletters, externa e internamente, beneficiando o trabalho da área de Recursos Humanos. Segundo a Assessoria de Comunicação do Dnit, a previsão é de que o novo portal seja publicado ainda em janeiro.

 

 

"O sítio antigo possuía muita informação, mas o interessado tinha de clicar várias vezes para chegar onde desejava, agora, com a nova plataforma, o conteúdo é o mesmo, mas o acesso aos materiais é bem mais veloz.  Acredito que a página tem de ser o mais rápida e ágil possível, pois quem procura a Internet quer praticidade."
Paulo Lopez Martinez - Diretor da Comissão de Ética do Dnit

 

 

Infográfico 1 - Matéria DNIT - Tema 200

 

 

tema
Ano XXXIV - Edição 200 Novembro/Dezembro 2009